Opinião, Política

Alerta! Precisamos formar convicção e consciência para 2018

/ /

 

Depois de tudo o que temos vivido no Brasil, desde o Mensalão, a tendência de que nas próximas eleições o número de votos brancos, nulos e abstenções continue batendo recordes históricos, superando os 32,5% de 2016. Em 2012 foi de 26,5%. Sempre digo aos amigos que acham que voto branco e nulo é protesto que este tipo de manifestação só ajuda os maus políticos, pois o voto NÃO conta, aumentando o peso dos outros votos no processo. Se cerca de 25% a 30% do eleitorado é de esquerda, por convicção ideológica, e não deixará de votar nunca, vejam o risco que corremos…

No meu ver temos que começar uma campanha massiva pelo voto, pelo voto consciente e contra o voto útil no primeiro turno. Nesta ordem. Caso os desencantados se juntem aos alienados e simplesmente se abstenham, não teremos 70% (centro/direita e “neutros”) contra 30% (esquerda) e os 30% tomarão corpo e crescem. Depois vem a segunda questão primordial para a política brasileira: quando sepultarmos de vez a hegemonia marxista nas urnas (porque na cultura vai demorar uns 30 anos), poderemos realizar o debate que o Brasil realmente precisa que é República x Populismo e Liberdade x Autoritarismo.