Os decretos de Marchezan são inconstitucionais

Porto Alegre vive um caos. Como se não bastasse a crise geral trazida pela pandemia na saúde e na economia, os porto-alegrenses ainda tem de conviver com mais um problema: o vírus da incapacidade e negligência. O Prefeito da Capital dos gaúchos atende bem aos dois últimos adjetivos.

Uso obrigatório de máscaras atinge o direito da liberdade individual dos cidadãos. As restrições do comércio colapsam a economia da cidade. Os números elevados de porto-alegrenses desempregados e empresas fechadas vão na conta de Marchezan.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe seu comentário

Acompanhe a
Fernanda barth

Receba em primeira mão todas as novidades da
Fernanda Barth no seu e-mail.

  • Faça parde do grupo no WhastApp